sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Especialistas discutem novo Itinerário de Iniciação à vida cristã



Bispos referenciais, coordenadores regionais e representantes de grupos ligados à Comissão Episcopal de Animação Bíblico-Catequética da CNBB, se reuniram em Brasília para discutir um novo Itinerário Catequético para a Iniciação à vida cristã. Trata-se de quatro roteiros que abrangem todas as idades: as crianças, os adolescentes, os adultos batizados que precisam de um aprofundamento e os adultos que não são batizados. Realizado na sede das Pontifícias Obras Missionárias, o encontro iniciou no dia 12 e se estendeu até esta sexta-feira, 14.
Segundo o assessor do setor Catequese da CNBB e coordenador dos trabalhos, padre Décio José Walker, a reunião, além de discutir temas bíblicos tratou da preparação de um Seminário Nacional sobre a Iniciação à Vida Cristã a ser realizado nos dias 6 a 9 de novembro em São Caetano do Sul (SP), quando serão partilhadas experiências existentes na área.
O arcebispo de Pelotas (RS) e presidente da Comissão, dom Jacinto Bergmann, destaca a importância de somar forças na elaboração desse Itinerário de inspiração Catecumenal. “É um instrumento que vai servir muito à Igreja uma vez que apresentará grandes orientações sobre como fazer a iniciação à vida cristã. Não podemos mais reproduzir uma catequese só em vista dos sacramentos. Precisamos voltar à prática da Igreja primitiva que realmente tinha um catecumenato para iniciar as pessoas em Jesus Cristo. Essas orientações gerais criarão unidade e ajudarão as igrejas locais a elaborarem os seus roteiros e manuais”, reforça o bispo.
Maria Aparecida Barbosa, religiosa das Irmãs do Imaculado Coração de Maria e membro do Grupo de Reflexão Bíblico-Catequética (GREBICAT) de São Paulo, explica que a iniciativa responde a um desejo da Igreja no Brasil que vem desde a realização da 2ª Semana Brasileira de Catequese em 1992, sobre a Iniciação Cristã. “O objetivo é avançar com itinerários capazes de evangelizar através de uma catequese bíblico vivencial. Pensamos numa catequese que conduza a Jesus no mistério da fé e à inserção na vida da comunidade, uma catequese centrada mais no vivencial do que no doutrinal. Para isso, insistimos num processo que tenha a Bíblia como fonte primordial”. Na opinião da especialista, o maior desafio é compreender a iniciação cristã “num mundo de aceleradas mudanças que mexem com os valores essenciais na vida”.
O biblista do Centro de Estudos Bíblicos (CEBI), Hudson Silva Rodriguez, coordenador de Pastoral no colégio Marista em Taguatinga (DF) adianta que o Itinerário seguirá os quatro tempos já definidos pelo Ritual da Iniciação Cristã de Adultos (RICA), publicado em 1971, a pedido do Concílio Vaticano II, a saber: o primeiro anúncio (Kerigma trinitário), a catequese com os conteúdos de fé e os escrutínios que conduzem para a vivência quaresmal e a vivência do Espírito (Pentecostes). No final do percurso vem o envio para a missão. “A intenção é que não seja uma catequese para si, as uma formação que leve a pessoa a assumir a missão de evangelizar no mundo”.
 Com isso, os organizadores do Itinerário esperam que os cristãos se envolvam mais na ação missionária e na pastoral. O roteiro para adultos terá uma parte sobre a ética cristã no mundo. “Não basta estar engajada na Pastoral. É preciso ser discípulo missionário no mundo do trabalho, na Igreja, na família. Com um processo mais sedimentado a tendência é levar as pessoas para a missão”, avalia Hudson.
 _________________
Assessoria de Imprensa das POM 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Querido leitor, caso não tenha uma conta google escolha a opção anônimo e deixe seu nome no final do comentário.

Loading...

Cadastre seu email e receba nossas novidades:

Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética

MAPA DE VISITAS