quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

A Diocese de Petrolina do Regional Nordeste 2 institui o Ministério do Catequista no Tríduo da solene festa de Cristo Rei



“Mas como invocarão aquele em quem não creram? E como crerão sem terem ouvido falar? E como ouvirão falar, se não houver quem anuncie? E como anunciarão, se ninguém for enviado”? (Rm 10,14). “O que desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos próprios olhos, o que contemplamos e o que as nossas mãos apalparam a respeito da Palavra da vida... o que vimos e ouvimos, nós também vos anunciamos.... para que vossa alegria seja completa” (1Jo 1-4).

A Fé é um dos pilares tríade construído e retribuído ao Povo de Deus que está em Petrolina, pelo seu 1º Catequista – Dom Antonio Maria Malan, que foi agraciado ao pisar o solo sertanejo e pastorear a pequena “Passagem de Juazeiro”, hoje Diocese de Petrolina, desde 15 de agosto de 1924.


Uma das motivações desse real encontro com o Senhor aprovada na 24ª Assembleia Diocesana de Pastoral/2012 foi a da “Instituição do Ministério do Catequista”, cujo serviço na comunidade eclesial, é de grande significado na missão da Igreja no mundo, para que Cristo seja conhecido, amado e seguido. 
Respondendo os novos desafios e dando novas respostas, a Diocese de Petrolina “dando graças a Deus e alegrando-se pela fé” e atuação dos seus catequistas – adolescentes, jovens, pais, mães, avós e avôs, que abraçam esse serviço, mantém viva a “esperança, a fé e o amor” em meio às injustiças e adversidades, fazendo ecoar a Palavra de Deus.

Após devida preparação pela Assessoria e Coordenação Diocesana de Catequese, sob a proteção de Nossa Senhora Rainha dos Anjos, Mãe de Nosso Senhor Jesus e da Igreja e Imposição das Mãos e Oração de Dom Manoel dos Reis de Farias, no último dia do Tríduo da Festa de Cristo Rei (23/11) quase 200 (duzentos) Catequistas foram instituídos MINISTROS EXTRAORDINÁRIO DA CATEQUESE, recebendo assim o “Ministério de Catequista”, função própria para atuar na formação permanente, sistemática, orgânica e progressiva por toda a vida, de muitos leigos e leigas na educação da fé na caminhada da Igreja.  


A Celebração Eucarística de Investidura do Ministério do Catequista foi realizada na Igreja Catedral de Petrolina, às 19h30min, sendo presidida por Dom Manoel, bispo diocesano, contando com a participação de Diáconos, Seminaristas, Religiosas e vários sacerdotes, dentre eles o Assessor Diocesano para Animação Bíblica, Litúrgica e Catequética, o Pe. Antonio Malan de Carvalho, que na oportunidade foi o regente do “Coral de Catequistas” fazendo-nos cantar a Liturgia.

Vale destacar que esse serviço e compromisso apostólico de experiência comunitária e amizade com Jesus Cristo, contou com a participação e representação das 03 (três) Foranias – Central, Leste e Oeste, que fazem a Diocese de Petrolina (25 – Paróquias).

Embora instituído Ministros Extraordinário da Catequese: 51% dos seus quase 400 (quatrocentos) catequistas dotados de fé profunda e forte sentido do Deus de Jesus Cristo, de identidade cristã e eclesial clara, de compromisso missionário vivencial, engajados de corpo e alma na educação de fé de adultos, jovens e crianças, a Diocese de Petrolina assumindo o compromisso de frutificar essa experiência e ser uma “Igreja toda ministerial” conferirá após, devida preparação (pré-requisitos: formação em Catequese, Liturgia e Bíblia), oficialmente no dia do Catequista (último domingo de agosto) o Ministério do Catequista: Ministério reconhecido, confiado e instituído a cada ano aos seus Educadores da Fé, promovendo a iniciação à vida comunitária, à liturgia e ao compromisso pessoal e com o Evangelho, sendo “Povo de Deus, Corpo de Cristo e Templos do Espírito Santo”.

VINDE, VEDE IDE E ANUNCIAI!

VENHA SER CATEQUISTA!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Querido leitor, caso não tenha uma conta google escolha a opção anônimo e deixe seu nome no final do comentário.

Loading...

Cadastre seu email e receba nossas novidades:

Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética

MAPA DE VISITAS