sexta-feira, 14 de outubro de 2011

PRIMEIRO DIA DO CONGRESSO DE ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORAL



Depois de uma semana de “folga”, estamos de volta com o Catequese e Bíblia. Isso porque estivemos durante os últimos dias em Goiânia acompanhando o I Congresso de Animação Bíblica da Pastoral.

Ao longo dos posts seguintes traremos uma breve síntese dos três dias e meio de congresso, lembrando que no site www.cnbb.org.br vocês podem encontrar as notícias na íntegra.


O evento que se iniciou na manhã de sábado, dia 08 de outubro com a presença de mais de 500 pessoas. Entre elas, catequistas, agentes das mais variadas pastorais, religiosas, religiosos, padres e bispos de todas as regiões do Brasil. O Congresso foi uma iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), através da Comissão Episcopal Pastoral para Animação Bíblico-pastoral, e da Sociedade de Catequetas Latino-americanos (SCALA), que também contou com o apoio da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) e das Irmãs Agostinianas Missionárias de Assistência e educação que cederam o espaço do Colégio Santo Agostinho onde se realizou o Congresso.

Depois da abertura, feita pelo presidente da Comissão Bíblico-catequética da CNBB, dom Jacinto Bergmann, o teólogo, Padre Joel Portela, fez a primeira conferência do evento com o tema “A Igreja num mundo em mudança”, logo depois os grupos se reuniram para esboçar as reações ao tema desenvolvido. Durante a tarde, os biblistas Frei Carlos Mesters e Francisco Orofino desenvolvem o tema “A Palavra encarnada - Palavra Anunciada”.

O dia foi fechado com a Celebração Eucarística presidida pelo Arcebispo de Goiânia (GO), Dom Washington Cruz. A missa foi concelebrada por nove bispos e dezenas de padres. Em sua homilia, D. Washington reforçou o evangelho que apresenta Jesus afirmando que “mais felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a põem em prática”. 

Segundo D. Washington: “No mundo é preciso criar espaço para a escuta da palavra. É tempo de fazer ressoar com entusiasmo e acreditar que se a vivemos, podemos criar um mundo melhor”. Para o arcebispo, novos cenários se apresentam “sacudindo o mundo com transformações sociais e política”. E ainda, “O cristão não pode, porém, encher-se de temor diante disso, mas deverá oferecer novas respostas. Temos que buscar estas respostas na palavra de Deus”, acentuou.

E assim o primeiro dia do congresso foi fechado.

Um comentário:

  1. Não fossem meus pequenos, faria uma enorme força para participar...afinal, foi tão pertinho daqui!!! MAs que bom que poderemos contar com seus resumos!

    ResponderExcluir

Querido leitor, caso não tenha uma conta google escolha a opção anônimo e deixe seu nome no final do comentário.

Loading...

Cadastre seu email e receba nossas novidades:

Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética

MAPA DE VISITAS