sábado, 3 de setembro de 2011

A Palavra de Deus e a sociedade



Em nosso tempo, muitas vezes detemo-nos superficialmente no valor do instante que passa, como se fosse irrelevante para o futuro. Diversamente, o Evangelho recorda-nos que cada momento da nossa existência é importante e deve ser vivido intensamente, sabendo que cada um deverá prestar contas da própria vida.

Deste modo, é a própria Palavra de Deus que nos recorda a necessidade do nosso compromisso no mundo e a nossa responsabilidade diante de Cristo, Senhor da História. Quando anunciamos o Evangelho, exortamo-nos reciprocamente a cumprir o bem e a empenhar-nos pela justiça, pela reconciliação e pela paz (Verbum Domini, 99).

Essas são palavras do Papa Bento XVI na Exortação Apostólica sobre a Palavra de Deus, publicada em setembro do ano passado. Relembro esse tema, porque no Brasil, iniciamos o mês da Bíblia, que visa despertar cada vez mais o amor pela Palavra de Deus.

A Bíblia é "O Livro" que contêm a Palavra. Não qualquer palavra e sim a Palavra de um Deus que fez e faz história com o seu povo. A nossa história só tem sentido se Deus fizer parte dela, caso contrário vivemos como moscas tontas, francos atiradores, múmias paralíticas, brincando com a vida.

Então, eu e você somos interpelados a fazer da Palavra de Deus uma Palavra de vida. Isso vale para todos, e especialmente faço menção aos que ocupam cargos públicos. A Palavra de Deus deve iluminar a vida de todos os setores da sociedade. Todos. Lembro aqui os recentes acontecimentos e discussões que passaram pelo Supremo Tribunal Federal e que resultaram em graves ataques à Família e à Palavra de Deus.

Em que favorece uma lei que contradiz totalmente a Lei de Deus e a própria Constituição Brasileira? Cada um responderá diante de Deus, querendo ou não, acreditando ou não, passaremos todos pela mesma porta.

Acredito que mesmo aqueles sem religião, mesmo confessando-se ateus, terão um julgamento final. Se fôssemos acreditar na premissa de que tudo termina aqui, não valeria a pena viver, não teria sentido em lutar pela justiça, pela igualdade social, pela dignidade do ser humano, enfim, por um mundo mais fraterno e solidário.

Neste caminho, a luz que não pode faltar para sermos realmente pessoas que fazem a diferença neste mundo, é o conhecimento e a prática da Palavra de Deus. Então convido você a fazer uma experiência neste mês. Escolha uma frase, um versículo bíblico e grave na sua mente e no seu coração e procure colocar em prática. Faça como fez um jovem que foi prejudicado pelo seu companheiro no trabalho. Naquele dia, revoltado e disposto a vingar-se, ao voltar para casa colocou a mão no bolso e sentiu o papel em que ele escrevia a frase do evangelho que ele escolhera viver.

Naquele mês ele escolheu a Palavra "Amai os vossos inimigos". No dia seguinte, ao encontrar o colega no trabalho disse: "Eu não estou com raiva de você, me desculpe se te prejudiquei". Eles se abraçaram e hoje são os melhores amigos na empresa. A Palavra de Deus é capaz de mudar o mundo, começando por você.

Dom Anuar Battisti
Arcebispo de Maringá - PR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Querido leitor, caso não tenha uma conta google escolha a opção anônimo e deixe seu nome no final do comentário.

Loading...

Cadastre seu email e receba nossas novidades:

Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética

MAPA DE VISITAS