segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Vocação e Missão dos Cristãos Leigos

No último domingo de agosto, as comunidades católicas mostram seu carinho para com as pessoas que dão testemunho de Jesus Cristo sem serem padres ou religiosos. Em outros termos, a Igreja presta sua homenagem aos cristãos leigos e leigas que, movidos pela graça batismal, se tornam discípulos e missionários de Jesus Cristo.
O Documento de Aparecida diz que “o campo específico da atividade evangelizadora leiga é o complexo mundo do trabalho, da cultura, das ciências e das artes, da política, dos meios de comunicação e da economia, assim como as esferas da família, da educação, da vida profissional” (DA, 174). Na definição de Puebla, os leigos são “homens da Igreja no coração do mundo, e homens do mundo no coração da Igreja” (DP, 786).
Antes das palavras, os leigos evangelizam pelo testemunho. Na medida em que forem honestos nos seus negócios, corretos nos seus julgamentos, coerentes nas suas ações e fiéis aos seus compromissos batismais, eles se tornarão mensageiros da boa nova trazida por Jesus Cristo e provocam a adesão de novos membros à Igreja.
Entre os inúmeros fiéis leigos, alguns se sentem chamados a um trabalho específico dentro de suas comunidades. São eles que assumem os trabalhos da catequese, liturgia, canto, coordenação dos grupos de família, animação dos grupos de jovens e serviço da caridade. Dispõe-se a serem ministros ou integrarem a diretoria de uma comunidade. Tomam a frente nos movimentos leigos como Apostolado da Oração, Renovação Carismática Católica, Cursilho, Shoenstatt, equipes de Nossa Senhora, etc.
Dentre todos os cristãos leigos merecem destaque os catequistas. A eles, a Assembléia de Aparecida manifesta seu sincero reconhecimento (DA, 295). Pela sua importância nas comunidades, o último domingo de agosto reserva lugar especial para esta vocação. Num tempo onde sempre menos as famílias conseguem iniciar seus filhos na fé cristã, o trabalho dos catequistas ganha relevância. Sem eles, a fé cristã seria bem menos sólida.
Na Diocese de Santa Cruz temos a graça de contar com aproximadamente 3 mil catequistas que fazem seu trabalho de forma gratuita. São pessoas de ambos os sexos, variadas idades e diferentes níveis culturais. No dia 20 de novembro, esperamos encontrar todos eles em Lajeado, no Encontrão Diocesano. O tema motivador é: “Catequese, encontro com Jesus no caminho da Palavra, da partilha e da missão”.
A todas as pessoas batizadas na Igreja Católica e que se empenham em dar testemunho da sua fé, o nosso reconhecimento. Às pessoas que assumem funções específicas nas comunidades, o nosso incentivo. Aos catequistas a nossa gratidão. Que Deus abençoe a todos!

Dom Canísio Klaus
Bispo de Santa Cruz do Sul -RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Querido leitor, caso não tenha uma conta google escolha a opção anônimo e deixe seu nome no final do comentário.

Loading...

Cadastre seu email e receba nossas novidades:

Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética

MAPA DE VISITAS