sábado, 13 de agosto de 2011

SEMANA DA FAMÍLIA - Depoimento


“Filhos, obedecei a vossos pais, no Senhor, pois isto é de justiça. ‘Honra teu pai e tua mãe’, este é o primeiro mandamento que vem acompanhado de uma promessa: ‘a fim de que sejas feliz e tenhas longa vida sobre a terra’. E vós, pais, não provoqueis revolta nos vossos filhos; antes, educai-os com uma pedagogia inspirada no Senhor.”
(Efésios 6, 1-4)

Amados catequistas, que a graça e a paz do Senhor estejam convosco!

Nós, catequistas, quase sempre reclamamos que precisamos da família com a gente e que a Pastoral Familiar pouco se envolve com a Catequese, penso que a Semana Nacional da Família é a oportunidade ideal para colocarmos todos juntos num único acontecimento.

Aqui na paróquia que participo, há alguns anos, a sexta-feira da Semana Nacional da Família, é da responsabilidade da catequese. Cada etapa prepara, com seus catequizandos, uma apresentação de teatro, musica, dança, mensagem... Sempre com o tema “família”, que é também trabalhado nos encontros de catequese. E essa noite, na Igreja, sem sombra de dúvida é a mais concorrida. A igreja fica cheia, é dia de festa, é dia de emoção, é dia de sentirmos como vale a pena estar em família, viver em família, ter uma família.

Esse ano trabalhei com meus catequizandos o tema: "Para você o que é ser família". Deu uma boa discussão, colocamos em plenário, fizemos comparação com as nossas famílias, e juntos descobrimos que o que pensamos e queremos de nossas famílias é uma coisa; o que vivemos... Hum...é bem outra.
Partimos para a “luz”, com o texto bíblico na mão: Efésios 6, 1-4. Lemos, refletimos, debatemos, então cada um escreveu num papel um “conselho” ou um pedido para os pais, para irmãos, para as famílias... para levarmos em nossa apresentação da Semana da Família.

A preocupação era: “Tem que assinar, Catequista?”. Não, não precisa.... Senti um “alívio” vindo por parte deles, e aí cada um abriu seu coração e escreveram mensagens muito significativas. Vamos apresentar isso numa peça de teatro, que é mais uma mensagem, escrita de acordo com a realidade que tenho visto.

Enfim, meus queridos catequistas, é sempre tão mais fácil reclamar, criticar...  O difícil é ter criatividade para buscar soluções, o difícil é começarmos por nós, colocar a mão na massa. De coração espero que isso inspire vocês. Ainda dá tempo de "inventar" alguma coisa para a Semana da Família, não tenha "vergonha" de dar o primeiro passo...

Um grande abraço e um final de semana abençoado!

Rosangela Tamaoki – catequista da Paróquia Nossa Senhora das Graças -Londrina/Pr

Uma das mensagens dos catequizandos:

“Tentem entender que nós adolescentes estamos passando por uma fase muito complicada em nossas vidas. Deveres escolares e problemas ocupam nossas cabeças e nem sempre nos lembramos de ser educados e muito menos pacientes. Mas fiquem sabendo que por mais que falamos que os odiamos, no fundo, apenas temos vergonha de admitir que amamos vocês!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Querido leitor, caso não tenha uma conta google escolha a opção anônimo e deixe seu nome no final do comentário.

Loading...

Cadastre seu email e receba nossas novidades:

Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética

MAPA DE VISITAS