terça-feira, 28 de setembro de 2010

CONGRESSO MISSIONÁRIO DO REGIONAL 0ESTE (MS) REFLETE

 “Missão e Iniciação Cristã”
O II Congresso Missionário do Regional Oeste I que aconteceu nos dias 23 a 27 de setembro na Diocese de Dourados-MS com o tema: “Igreja do Mato Grosso do Sul na missão permanente” e lema: “De batizados a uma Igreja de discípulos missionários”, na sua programação o dia 24 foi organizado em 11 oficinas que refletiram sub-temas, relacionados ao tema central.
Na Paróquia Rainha dos Apóstolos realizou-se a oficina 01 que refletiu a Missão e Iniciação Cristã, sob a coordenação da Ir. Zélia M. Batista, assessora nacional da Comissão para Animação Bíblico-Catequética. Participaram 98 congressistas, na sua maioria catequistas. Dom Vitório Pavanello, SDB, arcebispo de Campo Grande (MS), participou de forma integral da oficina e dirigiu-se aos congressistas destacando a importância de uma mística missionária na ação pastoral da Igreja.
Após reflexão do tema inspirado no Documento de Aparecida e Estudo da CNBB 97, organizou-se um trabalho de grupo, em que os participantes puderam socializar suas experiências e iniciativas no processo de Iniciação à Vida Cristã e apresentar propostas a serem assumidas pelo regional, a partir desse evento.  A síntese da reflexão e o resultado dos grupos foram apresentados na manhã do dia 25 a todos os congressistas.
Concluíram-se as atividades desse dia com a Celebração Eucarística presidida por Dom Vitório, conclamando todo povo para aderir com fervor missionário ao projeto de Iniciação à Vida Cristã, a exemplo dos discípulos de Emaús.

Oficina sobre Políticas Públicas para a Juventude: “Juventude Direito a Vida”

Ter, 28 de Setembro de 2010
A Pastoral da Juventude da Diocese de Foz do Iguaçu, Cáritas Diocesana e Casa da Juventude do Paraná, em parceria com a Itaipu Binacional, Cáritas Diocesana, Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu e de Medianeira, Câmara Municipal de vereadores de Foz do Iguaçu e de Medianeira, Faculdades da região, Órgãos Estaduais e Municipais de educação, direito, segurança e ONGs, promovem a “Oficina sobre Políticas Públicas para Juventude”, com o lema: “Juventude Direito a Vida”, em Medianeira, no dia 04 de outubro e em Foz do Iguaçu no dia 05 de Outubro de 2010.


A Oficina é um espaço de aprofundamento da reflexão sobre o tema, troca de experiências e articulação dos segmentos da sociedade civil organizada, poder público e ONGs, que tem por natureza a promoção e a defesa da vida da juventude, sendo oposição a cultura da morte e promotora da cultura da vida. A Oficina se rege pelos princípios éticos cristãos.

Ela se caracteriza também pela pluralidade e pela diversidade, com um caráter não governamental e não partidário. Onde se propõe analisar os direitos dos jovens e adolescentes do nosso país, e conhecermos a realidade da juventude de Foz do Iguaçu e região.

A Diocese de Foz do Iguaçu está se preparando para o ano de 2011 focar as suas atividades em prol dos jovens e adolescentes. Com essa preocupação a Pastoral da Juventude da Diocese promove este espaço, que alem de uma analise sobre o tema quer nos preparar para um momento de reflexão mais profunda, que estará acontecendo em Maio de 2011 no Seminário sobre, “Juventude e Violência”, promovido pela Pastoral da Juventude do Regional Sul II, que compreende as Dioceses de todo o Paraná.
Com a Oficina queremos facilitar a articulação, de forma descentralizada e em rede, de todos os seguimentos da sociedade engajados em ações concretas em defesa da vida dos jovens e adolescentes, de nível local ao regional, pela construção de um mundo justo e fraterno, onde se tenham condições dignas de vida e sobrevivência.
Pastoral da Juventude da Diocese de Foz do Iguaçu
Colaboração: Marlene Mendes - Catequista Foz do Iguaçú Pr.

domingo, 26 de setembro de 2010

14º Encontro Formativo e Celebrativo de Catequese Três Fronteiras

No dia 19 de setembro, em Foz do Iguaçu, PR, realizou-se o 14º Encontro Formativo e Celebrativo de Catequese Três Fronteiras, no qual contou com uma expressiva participação de catequistas. O tema foi “Leitura Orante na Catequese” e o lema, em espanhol, “Cree lo que lees, enseña lo que crees y vive lo que enseñas”. Irmã Elizabeth Mendes assessorou o encontro, aplicando o método da Lectio Divina em pequenos grupos. A celebração eucarística foi presidida pelo bispo Rogelio Rivieris e o envio missionário feito pelo bispo Dom Laurindo Guizzardi. À tarde, houve apresentação cultural através de músicas e danças, além de outros momentos artísticos. Calcula-se que 1200 catequistas do Paraguai, Brasil e Argentina estiveram presentes no evento. As Irmãs Carla Frey Bamberg, de Santa Rita, Paraguai e Irmã Santina Lorenzon, de Naranjal, Paraguai, acompanharam seus grupos. “Concluímos que o encontro valeu a pena. Foi um momento de fortalecer nossas forças na missão de sermos catequistas orantes em ação… Louvo e bendigo ao Senhor por todas as suas manifestações através destes encontros”, sintetizou Irmã Carla.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

LANÇAMENTO DA CAMPANHA DE DOAÇÃO DE 1 MILHÃO DE BÍBLIAS NO REGIONAL N2 – 23 E 24 DE AGOSTO DE 2010.

“ A alegria de sermos discípulos do Senhor e de termos sido
Enviados com o tesouro do Evangelho”. (Doc. Ap. 28)
Conheça um pouco mais sobre esta iniciativa de evangelização. É o Brasil na Missão Continental !















Abaetetuba - PA

Informações no site da CNBB: http://www.cnbb.org.br/

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

VOCAÇÃO, UM SINAL DE AMOR

           A partir do momento em que encontramos Jesus em nossas vidas, percebemos que, aí sim, ela está totalmente completa. E isso nos influencia a sempre mais e mais, buscar a salvação e a intimidade com a palavra de Deus.
          Isso tudo nos deixa mais próximos da nossa verdadeira vocação, sendo ela para o celibato ou ao sacramento do matrimonio. Tenho experimentado Jesus Cristo na minha vida a partir do momento em que comecei a participar dos encontros vocacionais no Seminário no dia 16 de fevereiro de 2008, que nos deixa mais dentro da nossa intimidade vocacional e do nosso ser. E com um ano de vocacionado acolhi muitas coisas em meu coração uma delas foi servir a Deus com muita alegria.
          São Francisco de Assis um grande homem da Igreja Católica nos afirma: “Há mais prazer em dar do que receber”. Vou sempre buscar a santidade e a Eucaristia porque é o essencial para uma pessoa transformada. E é também a minha vocação. Tenho que discernir o que Deus quer do meu ser e sempre deixar o Espírito dele modelar a minha espiritualidade e as minhas decisões.

Guilherme Borges
Paróquia Nossa Senhora do Patrocínio - Diocese de Franca-SP.
Tem 17 anos, está acabando o terceiro colegial e é catequista.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

ENCONTRO DAS ESCOLAS DIOCESANAS DO REGIONAL NE I

Aconteceu dia 10 de setembro das 8h30 às 15hs, o encontro das Escolas Diocesanas do Regional NE 1. Com a participação de representantes das Dioceses de Itapipoca, Limoeiro do Norte e da Arquidiocese de Fortaleza. Estudamos e refletimos o tema “Formação Iniciativa de Catequistas, o qual apontou luzes para trabalharmos a Iniciação Cristã nas Escolas de Catequese. Contamos com a presença de Ir. Rosália, Secretaria Executiva do Regional NE 1. 
Realizamos o 1º Encontro Regional das Escolas da Fé, dia 10 de setembro com a chegada dos participantes e jantar.
 Estiveram presentes os representantes das Escolas da Fé das Dioceses de Itapipoca, Iguatu, Tianguá e da Arquidiocese de Fortaleza. Os representantes das Escolas da Fé partilharam suas experiências e contaram com a ajuda de Pe. Almir, Diretor da Faculdade Católica de Fortaleza, que apontou luzes para que seja definido a identidade das Escolas da Fé e elaboração de um currículo comum. Esteve presente a Secretaria Executiva do Regional NE 1, Ir. Rosália, que participou do encontro durante todo dia.  

Lidiane Melo, Diocese de Itapipoca.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

JUBILEU DOS CATEQUISTAS


“50 anos semeando Palavra e Vida, obrigado Senhor, por nossa Diocese querida”.



O JUBILEU DOS CATEQUISTAS reuniu numa só alegria a presença de aproximadamente 2.000 catequistas de todos os regionais, no encontro em Lages/Paracambi dia 29 de agosto de 2010.
Houve uma acolhida maravilhosa nos diversos pontos de chegada, na concentração com equipe de animando juntamente com a banda marcial, um saboroso café da manhã fartamente distribuído por vários lugares. Enfeites de girassóis nos postes e nas árvores marcavam o percurso da caminhada. Os moradores participaram colocando altar em frente de suas casas e também oferecendo água e suco para os catequistas. Ainda durante o trajeto teve uma encantadora encenação teatral com as crianças sobre a semente na terra e no encerramento da caminhada, fomos acolhidos ao som da banda local.
O ponto culminante foi a Celebração Eucarística presidida pelo nosso bispo D. Luciano e a presença dos padres, diáconos, seminaristas e religiosos da nossa diocese, também fortalecendo ainda mais nossa missão com a renovação de compromisso dos catequistas como semeadores da Palavra e Vida.
No encerramento do encontro, apesar do grande número de participantes, houve rápida e farta distribuição de lanches para todos os participantes.
Renovados na alegria de ser catequista na baixada e pela oportunidade de celebrarmos como Igreja que  caminha em unidade, agradecemos a participação de todos os regionais, especialmente o Regional VII que não poupou esforços em nos acolher tão bem e a todos os catequistas que com suas presenças abrilhantaram este evento.

Norma Suely
Coord. Diocesana de Catequese
LESTE I - RIO DE JANEIRO

IV Seminário Arquidiocesano de Catequese – Animação Bíblica da Pastoral

Nos dias 28 e 29 de agosto, a Coordenação da Pastoral Catequética da Arquidiocese de Curitiba realizou o IV Seminário Arquidiocesano de Catequese, com o tema A Animação Bíblica da Pastoral, em sintonia com a Igreja do Brasil, que teve a Palavra de Deus como tema prioritário da 48ª Assembléia dos bispos. Estiveram presentes aproximadamente 400 participantes.

No dia 28, D. José Antonio Peruzzo, bispo referencial da Catequese do Regional Sul 2 – Paraná, falou sobre o tema Discípulos e servidores da Palavra de Deus e a missão da Igreja no mundo e sobre a leitura orante.

No dia 29, várias colocações procuraram trazer pistas práticas para a animação bíblica da pastoral. Os temas abordados neste dia foram: a Interpretação da Sagrada Escritura, a Palavra de Deus na liturgia, a Animação Bíblica na Catequese e a Palavra de Deus nos pequenos grupos.

O Seminário fundamentou a sua mística no texto do livro dos Atos dos Apóstolos que narra a pregação de Filipe e o Batismo do eunuco etíope (At. 8,26-40). O texto nos traz dois personagens inspiradores: de um lado o eunuco, um viajante que lê a Palavra de Deus sem compreendê-la, mas que, iluminado pela pregação de Filipe, pede o Batismo; de outro, Filipe, o enviado de Deus que, por ação do Espírito, vai atrás do eunuco, para evangelizá-lo. Com o lema: “Como posso entender, se ninguém me explica?”, os momentos orantes procuraram levar os participantes a se colocarem no lugar destes dois homens porque, ora somos necessitados da pregação (e da interpretação da Palavra), ora somos evangelizadores, instrumentos para que outros realizem o seu encontro com o Senhor.

No término dos trabalhos do evento, comemoramos o Dia do Catequista, lembrando a importância e o significado desse ministério como serviço eclesial. Na penumbra do auditório, pontos de luzes se acenderam até circundarem a Sagrada Escritura, mostrando que a missão do catequista é ser luz para o mundo. Todos saíram motivados a tornar a Bíblia mais presente na prática evangelizadora.

ARQUIDIOCESE DE MACEIÓ CELEBRA DIA DO CATEQUISTA REFLETINDO O EVANGELHO DE LUCAS

No último domingo de agosto (29), a Arquidiocese de Maceió juntou seus catequistas simultaneamente nas áreas do interior e na capital para celebrar o Dia do Catequista 2010, encerrando as comemoração do mês vocacional. O tema deste ano fez referência ao Ano da Palavra: O Evangelho de Lucas na Catequese.

Na capital, o local escolhido foi o ginásio do Colégio Marista localizado no bairro do Farol. Uma estrutura foi montada para acolher todos os catequistas da área. "Hoje é momento de alegria, de confraternização entre todos nós", explicou Marta Maria Correia, membro da Coordenação Arquidiocesana de Catequese (CAC).

As atividades começaram com a participação dos catequistas na oração inicial. Houve a entrada dos documentos que são referências para a Catequese, como o novo Diretório Arquidiocesano de Catequese (DAC); faixas com momentos marcantes em 2009 e 2010, lembrando o Ano Sacerdotal e a Terceira Semana Brasileira de Catequese; um catequista introduziu a bíblia no ginásio, recordando o Ano da Palavra.

A presença de Maria foi marcada com a chegada da imagem de Nossa Senhora dos Prazeres, padroeira da Arquidiocese. O momento contou com a mensagem de boas vindas de Pe. Márcio Roberto, coordenador do CAC: "Temos que tomar consciência da nossa missão e estamos reunidos para renovar as nossas promessas nessa vocação tão bonita", disse ele.
       
Durante a manhã ocorreu sorteio de brindes e brincadeiras com os catequistas. Também alguns trechos do Evangelho de Lucas foram apresentados: a anunciação do anjo à Maria, a pecadora arrependida, a parábola do bom samaritano e os discípulos de Emaús. "É como tornar viva as palavras de São Lucas" falou animada a catequista Simone de Jesus.

A celebração da missa encerrou as atividades do dia. Na homilia, Pe. Elison Silva também membro da CAC ressaltou a vocação do catequistas. "Todos os dias temos que renovar o amor pela Catequese em nossos corações, sendo ponte entre as pessoas e Jesus", disse.
Marcos Filipe Sousa
Setor de Comunicação/ CAC Maceió

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Igreja no Brasil celebra o Mês da Bíblia 2010 com o estudo do Livro de Jonas

O mês de setembro se tornou o mês referência para o estudo e a contemplação da Palavra de Deus, tornando-se em todo o Brasil, desde 1971, o Mês da Bíblia. Desde o Concílio Vaticano II, convocado em dezembro de 1961, pelo papa João XXIII, a Bíblia ocupou espaço privilegiado na família, nos círculos bíblicos, na catequese, nos grupos de reflexão, nas comunidades eclesiais.

Este ano, 2010, será o 39º ano que a Igreja celebra o Mês da Bíblia. A celebração surgiu em 1971, por ocasião do cinquentenário da arquidiocese de Belo Horizonte (MG), e logo em seguida, a proposta foi lançada e aceita por toda a Igreja no Brasil.

A Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), juntamente com o Grupo de Reflexão Bíblica Nacional (GREBIN), dando continuidade à 12ª Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos (2008), propôs para o Mês da Bíblia deste ano o estudo do livro de Jonas, com destaque para a evangelização e a missão na cidade.

domjacintobergmann“Ele [livro de Jonas] tem como objetivo principal ajudar o povo a cumprir o anseio do último Sínodo (2008) que destacou o mandato missionário de todo cristão como consequência do Batismo. Acrescenta-se a isso o fato do documento de Aparecida também destacar o valor do mandato missionário. Outras motivações contribuíram para a escolha do livro de Jonas: a Campanha da Fraternidade Ecumênica e o Ano Paulino, que refletiram sobre a evangelização do mundo urbano. Através do livro de Jonas, Deus faz o mesmo apelo aos cristãos de hoje: ‘Levanta-te e vai à grande cidade’ (Jn 1,2) para denunciar as injustiças e proclamar a sua misericórdia”, destacou o bispo da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética, dom Jacinto Bergmann.

Para a assessora da Comissão Bíblico-catequética, Maria Cecília Rover, responsável pela parte bíblica da Comissão, o Documento de Aparecida trata o caminho de formação dos discípulos missionários, principalmente apontando para o texto escolhido para o Mês da Bíblia 2010. “O Documento de Aparecida nos alerta para as muitas formas de nos aproximarmos da Sagrada Escritura, e destaco a Leitura Orante como a maneira privilegiada. No Livro de Jonas, ele nos ensina a não temermos os grandes desafios, levando o Evangelho a todas as direções que seguirmos. Este é o grande auxílio que vejo com o Mês da Bíblia, ele mobiliza a sociedade em torno de um tema específico, fortalecendo a comunhão social e despertando o ardor missionário de cada cristão”.

Este ano, a novidade fica por conta do livreto, em forma de leitura orante, confeccionado pelo GREBIN, e nele consta quatro leituras sobre o livro de Jonas. Além do livro, há o cartaz e o texto-base. Os materiais podem ser adquiridos pelas Edições CNBB, no endereço www.edicoescnbb.com.br e o texto-base está disponível gratuitamente na página da Comissão.

Regional Norte 2 realiza o 1º Congresso Bíblico-catequético

Aconteceu em Belém (PA), De 03 a 05, o 1º Congresso de Animação Bíblico-catequético do Regional Norte 2 da CNBB (Amapá e Pará). Participaram cerca de 300 catequistas representantes da catequese nas dioceses e prelazias. O tema “Iniciação à Vida Cristã” e o lema “Encontramos o Cristo” (Jo 1,41b), teve seu desdobramento nas oito oficinas que aconteceram.

No desenvolvimento da temática os assessores ressaltaram a importância das dioceses assumirem a Iniciação à Vida Cristã como projeto para toda a Igreja e não somente tarefa da catequese.
Os congressistas sentiram-se envolvidos e animados pela nova proposta de catequese e assumiram como prioridade para o Regional, além da iniciação á Vida Cristã a animação bíblica de toda a Pastoral, tendo em vista o 1º Congresso de Animação Bíblica da Pastoral a realizar-se em outubro de 2011.  Também realizarão cursos de formação bíblica, pois foram contemplados com o Projeto 1 milhão de Bíblias da CNBB.

O evento foi concluído com uma missa, presidida por dom Carlos Verzeletti, bispo referencial da catequese no Regional e esteve sob a organização da dedicada equipe de coordenação regional.
Loading...

Cadastre seu email e receba nossas novidades:

Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética

MAPA DE VISITAS